/ Notícias / Grupo de pesquisa do Campus Pitanga promove debate sobre literatura e racismo

Grupo de pesquisa do Campus Pitanga promove debate sobre literatura e racismo

Publicado em

Servidores e estudantes do Campus Pitanga realizarão na próxima quinta-feira (23/09) uma roda de conversa virtual, por meio da qual irão discutir as relações entre eugenia, racismo e produção literária no Brasil do início do século XX. O encontro, denominado “A literatura ficcional como reflexo do ideário eugenista: em pauta o racismo” será aberto ao público e em formato virtual.  A iniciativa integra a programação do 1º Encontro dos Núcleos de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas do IFPR, evento institucional que busca fomentar o diálogo entre esses grupos.

             “Nosso objetivo é chamar a atenção dos participantes para a importância de discutirmos historicamente o ideário eugenista, que muito contribuiu com narrativas racistas e segregacionistas, mostrando que o estudo de obras da literatura ficcional pode colaborar significativamente para as nossas reflexões”, explica o psicólogo Douglas Fernandes, um dos organizadores da atividade. Entre os livros a serem trabalhados na discussão, destacam-se “O Presidente Negro”, de Monteiro Lobato e “Sua Excelência: a presidente do Brasil no ano de 2500”, de Adalzira Bittencourt.

A roda de conversa foi estruturada a partir de debates promovidos pelo projeto de pesquisa “O ideário eugenista e suas ressonâncias no Brasil: algumas reflexões”, que estuda as concepções eugenistas difundidas no Brasil, principalmente nas primeiras décadas da República.  “A eugenia foi sistematizada pelo matemático britânico Francis Galton que, com seus estudos, contribuiu para justificar a existência de uma suposta hierarquização racial. Tais ideais foram defendidas por diversos intelectuais brasileiros e, infelizmente, encontram ecos até os dias atuais”, explica a bibliotecária Anauzira Kurita, que coordena o projeto ao lado de Fernandes.

Além dos coordenadores, participam do projeto Ana Julia Carvalho Gruber (estudante do curso de cooperativismo), Méry Cristina Jensen Pittner e Sergio Moacir Pereira Filho (estudantes do curso de licenciatura em Pedagogia). Para o estudante Sérgio Pereira, participar do evento é uma oportunidade para ampliar os horizontes. “Estou muito feliz e honrado por integrar o primeiro encontro dos NEABIs. Por meio dessa iniciativa, poderemos favorecer a construção de novas narrativas dentro do espaço acadêmico”, afirmou.

Aos interessados em participar do 1º Encontro dos Núcleos de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas do IFPR basta realizarem a inscrição no site do evento,  https://reitoria.ifpr.edu.br/1o-encontro-dos-nucleos-de-estudos-afro-brasileiros-e-indigenas-do-ifpr/, até o dia 20 de setembro.

IFPR Campus Pitanga – Rua José de Alencar, 1.080 – Vila Planalto – CEP 85.200-000 – Pitanga PR

Secretaria/Biblioteca (Informações Gerais): (42) 3646-4737
Administrativo (Prestadores de Serviço): (42) 3646-3450
Assistente Social (Informações a respeito de estudantes/bolsas): (42) 3646-2999

Topo